Ele fez “paz interior” em mim – Paulo das Neves

Jovem sente paz interior depois de entregar a sua vida a CRISTO!

Paulo das Neves, jovem cristão, conta a sua história, e fala das maravilhas que Deus tem feito na sua vida. No espaço “Testemunhos e Milagres” da Rádio Gospel, o jovem conta que a sua vida era sem sentindo e sem objetivos.



Antes de Conhecer Jesus.

Numa entrevista a Rádio Gospel FM STP, Paulo das Neves sublinhou que antes de conhecer Jesus, a sua vida “era normal”. “Eu sempre conheci Jesus, desde criança”, disse.

Embora os meus pais não foram cristãos, mas a minha mãe era cristã há muito tempo desde os seus 20 anos de idade, mas essa relação de passar de mãe para filho, de falar sobre Jesus, nunca tivemos.” – conta o jovem. “Aliás, eu sempre vivi distante da minha mãe”. Apesar da sua vida antes de conhecer a Jesus era normal, Paulo frisou que a sua vida “era sem objectivo, sem ânimo”. E “as vezes eu perguntava porquê que ainda estou vivo.”


Já tive pensamentos de suicídio por causa do bairro onde eu vivia e vivo até hoje”. “Então sem Jesus, a minha vida era vazia, sem sentindo e eu não tinha razão para poder viver.”porque o mundo que vivemos hoje é um mundo rodeado de desânimos, rodeado de tudo que nos leva abaixo e isso me influenciava bastante”.

“Sem Jesus eu não tinha forças para poder resistir a essas coisas, então a minha vida era totalmente distorcida, era como uma palha arrastada pelo vento, sem objetivos, sem finalidades”, completou.


Mudança depois de conhecer Jesus

Das Neves referiu que a “primeira mudança quando a gente conhece Jesus, é uma mudança interior, é uma paz interior.” Vamos “saber que não estamos sozinhos no mundo”. “E para além dos obstáculos que vão surgindo no caminho, sentimos que temos alguém para conversar, que podemos abrir, alguém que está disposto a nos ouvir, e além do mais, é alguém que passou por coisas piores”, Paulo das Neves.

O jovem cristão afirmou que “Cristo tem experiência da vida que nós vivemos hoje.”

Então ter uma pessoa como Cristo do nosso lado, alguém que viveu nesse mundo, sofreu e conseguiu superar todas as coisas e ressuscitou vitorioso para nos dar esperança, quer dizer que podemos ser mais que vencedor, ao ter Ele ao nosso lado”.

“Então, com Cristo ao meu lado, e na minha vida, eu senti uma paz interior, eu senti que há uma esperança, senti que há um rumo […] e Cristo torna a razão da minha vida”, garantiu.

“Sem Cristo as coisas podem ser boas, mas não tem significado, então Cristo é o significado das coisas”, disse P. das Neves.

Livramento de DEUS

Segundo Das Neves, Deus já o livrou de muitas coisas. Disse ele, “eu admiro muito o meu trajeto […] para as coisas que eu passo e já passei na minha vida, Cristo já me livrou de muitas coisas”.

“Porque eu sou muito teimoso, sou uma pessoa muito persistente, e não desisto de nada até eu conseguir aquilo”, afirmou Paulo das Neves. E acrescentou “o meu maior medo é escolher um caminho errado, e coisas erradas”.


Questionado de quem é Jesus para si, P. das Neves explica:

“Jesus pra mim, ele é o caminho, quando eu digo caminho, eu digo caminho de tudo”.

Disse ainda, “porque Cristo é a razão da nossa existência, falo no campo espiritual, falo no campo carnal, então Jesus pra mim é o caminho da vida, é o caminho do sucesso, é o caminho do sonho, é o caminho de novo céu e nova terra”.


Versículo de referência

Segundo Paulo das Neves, o versículo bíblico que mais gosta está escrito no livro de 2 Timóteo 4:7:

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.

“Este versículo é uma motivação para todo cristão que está nesse mundo, acredita em DEUS e tem Jesus no coração, mas vive atribulado, perseguido, sofre, tem angústia”, mas acaba sendo um vencedor, explicou.


Personagem bíblica

Para Paulo das Neves, a personagem bíblica de referência é o seu xará, Paulo de Tarso. Explica ele que “Paulo Tarso foi um homem que perseguiu Cristo, e foi perseguido devido Cristo”.

“A razão pelo qual tenho Paulo como referência, é porque ele nunca desistiu”, assegurou, depois para citar “Cristo diz, aquele que perseverar até o fim, será salvo, e Paulo serviu a Cristo até o fim e com satisfação”.

“Se todo cristão servisse a Cristo, como Paulo serviu, nós iríamos ter uma vida totalmente diferente das outras pessoas”. O jovem cristão, em declarações ao espaço “Testemunhos e Milagres”, garantiu que ser cristão “não é fácil”.

Mas, acrescentou que “nada neste mundo é fácil, logo, o problema não é ser fácil ou difícil, o problema é o objetivo”.


Balanço e Perspetiva

Para Paulo das Neves, o ano 2021 foi “um ano de experiência”. E garantiu que uma das perspetivas para 2022 é:

Usar o “seu talento, que é o dom da escrita para ajudar as outras pessoas a descobrirem a si, e encontrarem a Jesus”.

2
0