Transparência | Rigor | Isenção | Verdades Bíblicas
  

Debates Bíblicos

“Então trouxeram os vasos de ouro, que foram tirados do templo da casa de Deus, que estava em Jerusalém, e beberam neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.” (Daniel 5 : 3)

Existem muitos na sociedade que começaram com o seu talento na área de música, gestão, oratória, etc., porque começaram na igreja, e muitos até na igreja já serviam ao Senhor com esse mesmo talento.
E muitos são convidados a mostrarem as suas habilidades na sociedade, e tão certo é, que por vezes a igreja já não tem mais aproveitamento deles, não é verdade?
Mas na verdade, o que é que se pergunta? Deus nos deu talentos, visões, discernimento, etc., enquanto estávamos na igreja, é normal usar essas coisas fora da igreja?
Será que é pecado? Pois na verdade, alguns defendem que é maldição não honrar exclusivamente o nome do Senhor com tudo o que ELE nos deu.
Seja uma bênção abençoando os outros com os teus conhecimentos, não verdade, não custa nada é só dar a tua contribuição através do seu comentário, ideias e dicas, assim vamos aprender mais.

2
0

Alguns até dizem, por ser varias opções, “não escolho nenhuma”. Será que está certo assim?

“Quanto a mim, eis a minha aliança contigo: serás o pai de muitas nações;”
“Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos, e a suplicar o favor do SENHOR.”
“Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus;”
“Disse então ele: Vede não vos enganem, porque virão muitos em meu nome, dizendo: Sou eu, e o tempo está próximo. Não vades, portanto, após eles.”
“Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;” (Gênesis 17 : 4; Zacarias 8 : 22; Mateus 8:11; Lucas 21:8; Mateus 16:18)

Muitos dizem “eu tenho a minha fé”, não preciso ir a “igreja para adorar a Deus”, “toda Igreja salva, só é preciso ter fé em Deus”, etc., existem várias discussões entre crentes.
Afinal, o que é mesmo importante? Como será que Deus nos vê nessas questões?
Porque “toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;” II Tm 3.16.
Qual é a melhor decisão que a devemos tomar?
Sua opinião é importante! Não estamos condenando Igreja ou Instituição nenhuma, apenas uma partilha de conhecimento que pode salvar vidas, não concorda?
Então, seja uma bênção abençoando os outros com os seus comentários, dúvidas, ideias, dicas, etc., somos chamados para brilhar e não complicar:
“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” (Mateus 5 : 16)

2
0

Existem momentos de aborrecimentos na vida espiritual? É possível se aborrecer com Deus?

Afinal, quantos não se aborrecem com o Seu Criador?
Afinal não se trata de um aborrecimento propositado, não é?, nem se trata de uma postura que tomamos como forma de disciplinar Deus, não é verdade?,
“Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Isaías 55 : 9),
Deus sabe disso, por isso que por mais aborrecido em que podemos ficar, Deus nos perdoa esses tipos de atitudes.
Mas a questão vai mais longe, afinal o que podemos fazer para não estar assim, o que nos leva a aborrecer com Deus?
Como evitar esses “tipos de aborrecimentos” como o nosso Deus?
Qual a ideia, dicas, comentários, palavras que você pode ajudar aos outros que se encontram em situação idêntica?
Seja uma bênção abençoando os outros!

2
0

Existe um tempo adequado para namorar? Se sim, qual será? E se o tempo ultrapassar, o que faço, devo casar mesmo assim?

Já vi muitos lugares colocando um prazo no namoro, com explicações que dizem ser de prevenção do pecado. Certo?, agora a pergunta é:

  • Então, quando é que devo me casar?
  • A Bíblia dá ou tem um conselho próprio para isso?

Muita gente se apressa e come cru muitas coisas que deveriam se amadurecer ou se cozer, ou por outro lado, também há muita gente deixando a fruta se aprodecendo ao invés de aproveitar o tempo adequado.
Já assim, o que é que se deve fazer?
Deixa alguém saber o que se deve fazer, em relação ao tempo adequado ao casamento.

 

1
0

Há quem considera que isso NUNCA pode existir num namoro!?

Com certeza esta até pode ser uma boa reflexão e discussão para a nossa geração.

Mas as questões vão mais adiante:

  1. Se já tenho idade para namorar, o que é que não posso fazer no “meu” namoro?
  2. Como é que faço se tem outra pessoa dando em cima?
  3. O que é que tem um beijo?
  4. E depois do beijo, como é que fica, se a gente vai se casar em breve?
  5. Deus implica com o meu namoro?

Já viu que as questões são muitas? Imagina quantas pessoas não estão perplexas, confusas, iludidas por falta de um conhecimento?
É claro que opiniões são importantes, partilhas de conhecimento, dicas. Então não fica ae parado(a), faça o seu comentário abaixo:

1
0

Qual o modelo para se viver neste mundo conturbado?

Com certeza, na Bíblia temos várias famílias. Sabemos que mesmo Abraão chegou a negar que Sara era sua mulher diante de uma sociedade em que estava inserido, por ser uma sociedade complexa. (Gn. 20.2)
Afinal, não só ele, outras famílias tomaram outras atitudes para enfrentarem a sociedade em que viviam.
Qual será o nosso actual modelo ou desafio perante uma sociedade onde a mulher é forçada a trabalhar duro, sustentar filhos, improvisar meios de subsistências para a família, desafiar um mundo só para manter a sua virtude e valor do cristianismo?

É claro que as suas ideias, podem contribuir para que muitos mudem de vida, se posicionem como homens e mulheres de Deus, e deixar a família dignificar o nome de Jesus Cristo, certo?
Então deixe o seu comentário, dicas, ideias, etc., para que todos nós aprendamos um pouco mais.

0
0

Casal cristão se briga? Como assim?

Existem casos ou relacionamentos em que não se vê uma briga declarada, mas vivem da indiferença, de comportamentos que provam que não há amor, nem um “se importar” com o que é do cônjuge, não é verdade? Esses casos também são chamados de briga, pois a briga consiste em fazer frente, cortar relações, insistir na desatenção, viver da ignorância, viver da independência do cônjuge, etc., creio que “só quem vive, viveu e assiste essas cenas tristes sabe do que estou falando”.
Mas no entanto, o amor entre o homem e a mulher não foi feito para ser desperdiçado, nem ignorado por questões temporais ou orgulho humano. Você já percebeu como as pessoas sofrem duas vezes quando decidem viver da briga? Primeiro porque elas não descobrem nem exploram outras dimensões do romance, por outro lado dão margem para que o mal aproveite da situação e lhes vinga até na sua própria saúde, como está escrito: “Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado.” (Romanos 7 : 8)
“ORA, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido. O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência. Digo, porém, isto como que por permissão e não por mandamento.” – I Coríntios 7.1-6
De qualquer forma existem desentendimentos constantes entre qualquer ser humano, ou relação humana (nos animais já(!), nem se fala!), pois o ser humano é assim.
A luz da Bíblia, você conhece alguma palavra, versículo, fortaleza, conselho, experiências de vida para abençoar os outros?
Então deixe aqui a sua contribuição nos comentários para ajudar a todos nós.

1
0

Existe um modelo de namoro para os crentes, se sim qual será então?

Sabe, eu costumo dizer que o namoro é umas das coisas que ninguém sabe explicar. Mas afinal, todos nós damos nossas definições do que achamos ser e muitas das vezes esquecemos que existe Alguém que criou esse acto, e pelo contrário, tem prazer também nele. Veja só, não vamos encontrar a palavra “namoro” na Bíblia Sagrada, mas isso não significa dizer que os patriotas nunca namoraram.

Continue reading

1
0

4 Verdades sobre a tentação


Todos nós somos tentados. Em diferentes áreas. A palavra de Deus nos diz que Satanás é como um leão que procura a quem devorar. Isso quer dizer que ele anda ao nosso redor, nos sondando e procurando nossos pontos fracos, para que então ele possa nos abocanhar. Uma das maneiras que Satanás faz isso com jovens cristãos é através da tentação.

Mas qual é a definição de tentação?

Bom, tentação é qualquer coisa que promete SATISFAÇÃO em troca da OBEDIÊNCIA à Deus. Satanás pode te oferecer um prazer momentâneo (ou até mesmo um prazer longo), mas em troca ele pede a sua obediência e lealdade com Deus. Tendo isso em mente, eu vou explicar para vocês agora quatro verdades sobre a tentação.

1 – Não é pecado ser tentado

“Pois não temos um sumo-sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.” – Hebreus 4:15
O próprio Jesus sofreu tentações. Se acharmos que quem sofre uma tentação está pecando, então estamos admitindo que Jesus pecou, quando na verdade a palavra nos deixa claro que Jesus sofreu tentações, mas não pecou. Muitos jovens cristãos quando começam a ser tentados acham que já estão pecando e aí se entregam de verdade para o pecado. Vamos imaginar que você esteja fazendo uma dieta e enquanto caminha pela rua vê um enorme e suculento bolo. Você olha para aquele bolo, inúmeros pensamentos de como comer ele vem na sua cabeça, mas você desvia o olhar e segue reto. Você foi tentado e escapou. É preciso saber a diferença entre ser tentado e cair para a tentação.

2- O inimigo irá atacar na sua FRAQUEZA e na sua FORTALEZA

Satanás é astuto. Ele não procura somente seus pontos fracos, mas ele quer também seus pontos fortes. Por quê? Porque, muitas vezes, nós nos “achamos” em uma determinada área e esquecemos de protegê-la e cuidá-la como deveríamos. Imagine que você more em uma casa bem segura. Há duas portas nessa casa, uma na frente da casa e outra nos fundos. A porta dos fundos não pode ser aberta por fora, somente por dentro. Você se sente seguro sabendo que ninguém irá entrar pela porta dos fundos. O problema é que com o excesso de segurança, um dia você deixou a porta encostada e ficou pensando que ela estava fechada. O ladrão, por acaso, percebeu a porta encostada, entrou e roubou. Muitas vezes a nossa fortaleza acaba se tornando nossa fraqueza. Tome cuidado com seus pontos fracos e com seus pontos fortes.

3 – Deus nunca vai te tentar

Muitas vezes pensamos que Deus está nos tentando. Esse é um pensamento errado. Deus é bom em todo tempo e não pode ser tentado pelo mal. Deus nunca vai te tentar. O que Deus faz é te testar. E aí é importante saber a diferença. A tentação vem dos nossos próprios desejos, que nos seduzem e nos fazem cair. Deus te testa para te promover. Satanás te tenta para te rebaixar. Craig Groeschel

4 – Sempre há uma saída

Não importa que tipo de tentação venha sobre a sua vida. Deus nos deixa claro que sempre há uma saída. Sempre há uma escapatória. Tudo que você precisa saber é que pecar ou não está em suas mãos. Satanás não vai entrar no seu corpo e mandar seu braço pecar. Deus sempre oferece uma saída. Basta você procurar. Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar. 1 Coríntios 10:13
Lembre-se: Toda tentação é um convite para dependermos mais de Deus. Esse estudo foi baseado em uma pregação do Pastor Craig Groeschel

1
0
Visitantes Online

Nº de utilizador(es):
0 online

Seja notificado