Transparências | Rigor | Isenção | Verdades Bíblicas
  

Quanto tempo vai durar a COVID-19? E a Vacina?

“Covid-19 se transformará em uma constipação em menos de 10 anos,” – dizem especialistas.

Pelo que se pode concluir, até lá, a covid poderá deixar de matar drasticamente e só causará sintomas leves em crianças.

SARS Covid

Já sabemos que as vacinas estão sendo espalhada por todo quanto é canto. Países indecisos na obrigatoriedade da vacina estão entre mil e um pensamentos, mais decisivos que a Vacina tomará conta das coisas. Mas afinal?, até onde vamos parar? Será obrigatório a vacinação mundial? Quais serão os efeitos destas vacinas? As pessoas deixarão de morrer em massa como tem se observado? Quais as garantias que a vacina tão desejada irá dar a humanidade, para que a saúde, ao nível mundial volte a ter equilíbrios? – Estas e outras questões, têm sido motivo de estudo dentre os inúmeros especialistas que estão investigando as causas.

Segundo a revista CRESCER, num artigo publicado ontem, “a maioria dos especialistas acreditam que a SARS-CoV-2 nunca irá embora”. Essa visão não precisa produzir pânico, afinal, as pessoas irão se acostumar com a situação. Entretanto, “quando a

Vacinação Covid

Mulher segura frasco rotulado como de vacina para Covid-19 em foto de ilustração
10/04/2020 REUTERS/Dado Ruvic

maior parte da população for vacinada, o patógeno começará a desaparecer, produzindo uma infecção assintomática em adultos e apenas um leve resfriado em crianças, de acordo com um estudo publicado na Science.” Isso significa que, como nos diz a mesma fonte, baseando nos cálculos matemáticos, que só entre um à dez anos se poderá aperceber o impactos das coisas.

Para a Jennie Lavine, uma pesquisadora da Universidade de Emory, EUA, esse tempo dependerá da velocidade da propagação da doença e da vacina, uma vez que, “a transmissão da doença é rápida, mas o tratamento não”. Dentre outras questões que norteiam, a mente dos pesquisadores, destaca-se “qual tempo necessário, após contrair o vírus, ou ser vacinada, para a imunização das pessoas”?

Se o vírus em questão for semelhante aos “o SARS de 2001 e o MERS de 2012”, se refere a fonte, se a maioria da população estiver vacinada, o vírus não poderá causar mais gravidades, pois a vacina combaterá na prevenção. Caso contrário, não existem garantias, diante dessa dolosa situação.

Importa lembrar que quando se fala de coronavírus, não significa apenas uma variante, ou seja, que é um mesmo sintoma com Vacinasvárias faces. Sobre este último ponto, recorda-se que existem varias controvérsias, as quais não entramos em detalhes.

 

NOSSO COMENTÁRIO

Bem, sabemos que a Bíblia profetizou que a ciência se multiplicará, louvamos a Deus pela graça que concede e tem concedido aos homens para acharem a cura a tais pandemias e enfermidades, mas importa lembrar que Deus não mudou, Ele ainda cura, Ele nos ama e quer a nossa saúde restaurada, mas também lembremos que temos sido rebeldes contra o Senhor. E é necessário, nos arrependermos em tempo útil:

“Voltai, ó filhos rebeldes, eu curarei as vossas rebeliões. Eis-nos aqui, vimos a ti; porque tu és o Senhor nosso Deus.” – Jeremias 3:22

Fim

 

Texto: João Batista
Fonte: Revista Crescer
Imagens: Google

+2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pesquisar
Usuários Online
3 Users Online
Publicidade

Anuncie aqui


Quer levar o seu negócio a um público, como o nosso?, então fale connosco e conheças os valores incríveis que fazemos por você ou pela sua empresa.

Fale connosco






Categorias
Inscreva para notificações